Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Veja a Garota Top Site deste Mês..:
O que você procura?

Cadastre-se

Envie Vídeo

nenhuma Enquete encontrada!

Newsletter

Nome:

E-mail:

Diojns Freitas Guimarães
Colunista

Brasil
Postado em: 10/02/2018 às 06h50
TAMANHO DA FONTE  A- A+
Delegado que investiga Temer pode ser punido, diz Segovia
STF investiga se um decreto do governo Temer foi feito sob medida para atender aos interesses de empresas do Porto de Santos

O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segovia, comentou sobre uma investigação envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB). Em entrevista à agência Reuters, Segovia afirmou que não há indícios de que o decreto dos Portos sancionado por Temer beneficiou a empresa Rodrimar. O diretor da PF também sugeriu que não houve crime no episódio.

"No final, a gente pode até concluir que não houve crime. Porque ali, em tese, o que a gente tem visto, nos depoimentos, as pessoas têm reiteradamente confirmado que não houve nenhum tipo de corrupção, não há indícios realmente de qualquer tipo de recurso ou dinheiro envolvidos. Há muitas conversas e poucas afirmações que levem realmente a que haja um crime", disse.

Segundo recorda o jornal O Globo, o Supremo Tribunal Federal (STF) investiga se um decreto do governo Temer foi feito sob medida para atender aos interesses de empresas do Porto de Santos. O pedido de abertura de inquérito foi feito ainda pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot.

O inquérito é conduzido pelo delegado Cleyber Malta Lopes, que tem autonomia para conduzir a investigação. Em janeiro, ele encaminhou 50 perguntas ao presidente sobre o episódio. Ao respondel-as, Temer reclamou da "impertinência" dos questionamentos, que teriam colocado em dúvida sua "honorabilidade e dignidade pessoal.

Segovia afirmou que é necessário se aprofundar na investigação, buscar provas em todos os lugares porque, “quando a gente concluir a investigação e não houver realmente o fato, a gente possa afirmar ‘olha não houve crime, não houve o fato’”.

O diretor-geral da PF disse ainda que, caso haja um pedido da Presidência, a PF pode abrir uma investigação interna para apurar a conduta do delegado Cleyber Malta Lopes nos questionamentos apresentados ao presidente no decreto.



 
LINK - ESPALHE POR AÍ!
 
Outras Notícias sobre Brasil
21/02/2018
Após adiamento, PT lança pré-candidatura de Lula nesta quarta-feira
21/02/2018
PF pede mais 60 dias para investigar Temer
21/02/2018
PGR divulga nota técnica que contesta intervenção no Rio
Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018
 Ultimos Vídeos
Vídeo mostra homem sendo assassinado a tiros em posto de gasolina na avenida Torquato Tapajós
Data:26/04/2017
Visitas:820
Veja o que um passageiro fez com dois bandidos que tentaram assaltar um ônibus
Data:26/04/2017
Visitas:285
veja o que criminosos fizeram com estas duas jovens
Data:26/04/2017
Visitas:486

   Garota Top Site
02/01/2015
Jackline Silva
Cansanção - Bahia
Publicidade

Oferecimento


Pesquise no portal.::
NOTÍCIAS TV AO VIVO RÁDIO AO VIVO ENTRETENIMENTO SERVIÇOS

©2018 - R10 Notícias - todos os direitos reservados! - WebMedia