Veja a Garota Top Site deste Mês..:
O que você procura?

Cadastre-se

Envie Vídeo

nenhuma Enquete encontrada!

Newsletter

Nome:

E-mail:

Diojns Freitas Guimarães
Colunista

Brasil e o Mundo
Postado em: 02/02/2018 às 07h29
TAMANHO DA FONTE  A- A+
Estudantes vão às ruas contra reforma educacional de Macron
Mudanças devem tornar a porta do ensino superior mais estreita

Centenas de estudantes e professores franceses saíram às ruas de Paris nesta quinta-feira (1) para protestar contra a proposta do governo para uma reforma educacional, de acordo com um correspondente da Sputnik.

A manifestação faz parte de uma série de outros protestos planejados para o mesmo dia em todo o país. Os manifestantes se encontraram em frente à universidade de Jussieu e marcharam em direção aos portões da Sorbonne.

O protesto de estudantes secundaristas está focado sobre as mudanças que serão aplicadas nos exames de admissão na universidade. Os chamados exames de "Bacharelado" são tradicionais do país. 

Na França, a educação superior é universal, ou seja, todo estudante secundarista tem direito a acessar sistema universitário. No entanto, Macron pretende implementar um sistema de seleção mais restrito.  Segundo a mídia local, 60% dos estudantes franceses que entram na universidade não conseguem passar do primeiro ano.

Em 19 de dezembro, a Assembleia Nacional da França votou a favor de um projeto de lei que modifica as condições de acesso às universidades francesas.

A proposta de reforma educacional é uma das promessas de campanha de Macron, que é crítico do sistema nacional de admissão universitária. Segundo ele, o sistema não está à altura do mercado e das necessidades que o sistema superior apresenta. 

As reformas de Macron pretendem remover o atual sistema de exame de Bacharelado, ou Bac, como é conhecido no país, além de antecipar escolhas de áreas mais específicas do conhecimento. As mudanças devem tornar a porta do ensino superior mais estreita.

Devido a isso, os críticos da reforma acreditam que as mudanças propostas fariam com que os estudantes tivessem que fazer escolhas de carreira muito cedo. 

Segundo esses grupos, a medida colocaria em risco a igualdade diante do acesso, pois os estudantes mais ricos teriam mais condições para conseguirem a preparação necessária.

Durante os protesto de hoje, a polícia foi deslocada para a Rua del La Sorbonne, ao longo da principal entrada da universidade. Alguns confrontos foram registrados.



 
LINK - ESPALHE POR AÍ!
 
Outras Notícias sobre Brasil e o Mundo
23/02/2018
Vacinação contra febre amarela deve ser ampliada para todo o país
22/02/2018
Humans Right Watch acusa Afeganistão de matar civis
21/02/2018
Muçulmanas denunciam assédio sexual na peregrinação a Meca
Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2018
 Ultimos Vídeos
Vídeo mostra homem sendo assassinado a tiros em posto de gasolina na avenida Torquato Tapajós
Data:26/04/2017
Visitas:835
Veja o que um passageiro fez com dois bandidos que tentaram assaltar um ônibus
Data:26/04/2017
Visitas:294
veja o que criminosos fizeram com estas duas jovens
Data:26/04/2017
Visitas:495

   Garota Top Site
02/01/2015
Jackline Silva
Cansanção - Bahia
Publicidade

Oferecimento


Pesquise no portal.::
NOTÍCIAS TV AO VIVO RÁDIO AO VIVO ENTRETENIMENTO SERVIÇOS

©2018 - R10 Notícias - todos os direitos reservados! - WebMedia