Veja a Garota Top Site deste Mês..:
O que você procura?

Cadastre-se

Envie Vídeo

nenhuma Enquete encontrada!

Newsletter

Nome:

E-mail:

Diojns Freitas Guimarães
Colunista

Internacional
Postado em: 16/02/2017 às 18h45
TAMANHO DA FONTE  A- A+
Preso terceiro suspeito da morte de Kim Jong Nam
Detido é íntimo de uma mulher presa por ligação com o assassinato

A polícia da Malásia fez uma terceira prisão em sua busca pelas pessoas envolvidas no assassinato do meio irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, nesta quinta-feira.

O terceiro suspeito, cuja nacionalidade não foi revelada, era íntimo de uma mulher indonésia que foi detida mais cedo por sua ligação com a morte de Kim Jong Nam no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur na segunda-feira, informou a polícia.

"Ele foi aprrendido para facilitar as investigações, já que é namorado da segunda suspeita", disse Abu Samah Mat, chefe de polícia do Estado de Selangor, à Reuters.

A primeira suspeita presa tinha documentos de viagem em nome de Doan Thi Huong, data de nascimento e o local de nascimento no Vietnã.

Segunda suspeita

A mulher indonésia foi colocada sob custódia por sete dias, assim como a outra mulher que portava um documento de viagem do Vietnã e que foi pega tentando deixar o país pelo terminal de embarque de voos baratos do aeroporto da capital malaia na quarta-feira, relatou a agência estatal de notícias Bernama. O Ministério das Relações Exteriores indonésio disse ter solicitado acesso consular à detida.

Kim Jong Nam, de 46 anos, foi atacado no mesmo aeroporto na segunda-feira com o que se acredita ser um veneno de ação rápida quando estava prestes a embarcar em um voo para Macau. Ele pediu ajuda, desmaiou e morreu a caminho do hospital.

Mais cedo, parlamentares da Coreia do Sul citaram a agência de espionagem do país, que suspeita que duas agentes norte-coreanas mataram Jong Nam, e fontes do governo dos Estados Unidos (EUA) também disseram acreditar que os responsáveis são da Coreia do Norte.

Posição

Kim Jong Nam havia se pronunciado publicamente contra o comando dinástico de sua família sobre o país detentor de armas nucleares, e também manifestou temor por sua segurança.

A agência de inteligência sul-coreana disse a parlamentares de Seul que o jovem e imprevisível líder norte-coreano emitiu uma "ordem permanente" para o assassinato de seu meio irmão e que houve uma tentativa fracassada de matá-lo em 2012. Agentes norte-coreanos já mataram rivais no exterior anteriormente.



 
LINK - ESPALHE POR AÍ!
 
Outras Notícias sobre Internacional
28/05/2017
G7: Trump rejeita acordo climático, mas terrorismo é consenso
26/05/2017
Decreto anti-imigração de Trump sofre nova derrota
26/05/2017
Rússia prende terroristas que preparavam ataque em Moscou
Segunda-Feira, 29 de Maio de 2017
 Ultimos Vídeos
Vídeo mostra homem sendo assassinado a tiros em posto de gasolina na avenida Torquato Tapajós
Data:26/04/2017
Visitas:57
Veja o que um passageiro fez com dois bandidos que tentaram assaltar um ônibus
Data:26/04/2017
Visitas:36
veja o que criminosos fizeram com estas duas jovens
Data:26/04/2017
Visitas:58

   Garota Top Site
02/01/2015
Jackline Silva
Cansanção - Bahia
Publicidade

Oferecimento


Pesquise no portal.::
NOTÍCIAS TV AO VIVO RÁDIO AO VIVO ENTRETENIMENTO SERVIÇOS

©2017 - R10 Notícias - todos os direitos reservados! - WebMedia